domingo, 17 de julho de 2011

ÁCARO-DA-LEPROSE

O ácaro da leprose é o transmissor do vírus da leprose dos citrus.
Apesar da virose não ser sistemíca, ficando restrita ao local de alimentação dos ácaros, as folhas e ramos atacados apresentam manchas marrons circundadas por um halo amarelado. As folhas caem após três meses da inoculção do vírus e os ramos secam, chegando até a morte da árvore, em altas infestações.
Os frutos atacados apresentam manchas de coloração marron com halo amarelado, que podem ser vistas quando os frutos estão verdes, que são deprimidas no centro.
esses sintomas são visíveis apenas após duas semanas do ataque do ácaro. depois do aparecimento das manchas, os frutos caem passadas três semanas e sofrem alteração no sabor, alem de danificar a aparencia tornando o fruto impróprio para a comercialização de frutas in-natura ( mesa, mercado).
Este ácaro é um dos mais importante na citricultura, devido o alto custo com acaricidas no controle, chegando até 30 % do valor gasto com a produção anual por ciclo dos citrus.As pulverizações tem que ser bem aplicado atingindo o alvo em todas as partes da planta, uma vez que o ácaro vive em locais difíceis de ser atingindo com os produtos, como verrugose nos frutos, em pencas de frutos bolões deixado da safra anterior, e trincas e fissuras dos ramos mais velhos das plantas. O volume de calda na aplicação é outro fator a ser levado em consideração para que a cobertura da calda possa ser total na planta toda com uma distribuição uniforme para um bom controle, sendo que o tempo de retorno com pulverização no local aguente pelo menos de 200 á 300 dias de controle por quadra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar e comentar!